Endereço de e-mail

Senha

Espécies Brasileiras

Cattleya e afins

Cattleya labiata (amesiana × tipo)

Descrição do Produto

Cattleya labiata (amesiana × tipo)

Informações da muda

Produção: sementeira.

Tipo: cruzamento de matrizes de qualidade.

Tamanho da muda: planta com cerca de 15,0 cm de altura.

Expectativa de floração: 2 anos.

Cultivo: Fácil como a maioria das espécies de Cattleya unifoliadas. Aceita bem ser plantada com diversos tipos de substrato em vasos de barro, vasos plásticos, caixetas ou mesmo pedaços de madeira rígida; em locais com alta luminosidade, bom arejamento e muita luz, evitando-se sol direto e encharcamento do substrato.

Floração: outono.

Tamanho quando adulta: bem variável no tamanho, podendo atingir mais de 25,0 cm de altura.

Tamanho da flor: flores grandes, mais de 12,0 cm de diâmetro.

Quantidade de flores: costuma ostentar muitas flores quando bem cultivada, até quatro em cada haste floral.


Taxonomia

Nome correntemente aceito: Cattleya labiata.

Autor: Lindl.

Data da publicação: 1824.

Sinônimos: Cattleya lemoniana, Epidendrum labiatum, Cattleya warocqueana, Cattleya pallida, Cattleya rollisonii, Cattleya massangeana, Cattleya regalis, Cattleya nalderiana, Cattleya peetersii, Cattleya bullieri, Cattleya oweniana, e uma longa série de nomes de variedades.

Origem: Região Nordeste do Brasil.

Habitat: Epífita ou rupícola em matas bem iluminadas de regiões montanhosas.

Altitude: mais de 500 metros de altitude.

Quantidade de espécies deste gênero: considerando-se também os híbridos naturais seu número chega quase a 100 espécies; no Brasil mais de 60.


Outras informações

Nota: Considerada a "Rainha das orquídeas do Nordeste". Possui perfume intenso, agradável.

Nota taxonômica: É a planta tipo do gênero Cattleya.

Espécies similares: Cattleya warneri, Cattleya trianae.

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários