Endereço de e-mail

Senha

Imagem 1
Imagem 2
Imagem 3

Descrição do Produto

Cirrhaea dependens

Informações da muda

Produção: sementeira.

Tipo: “sibling”.

Tamanho da muda: aproximadamente 15,0 cm de altura.

Expectativa de floração: um a dois anos. Exemplares praticamente adultos.

Cultivo: relativamente fácil quando cultivadas em locais com boa luminosidade e bom arejamento, mantendo-se o substrato umedecido mas sem encharcamento. Aceita diversos tipos de substrato que se mantêm úmidos, em vasos de barro ou melhor ainda em vasos plásticos.

Floração: primavera-verão.

Tamanho quando adulta: pode atingir mais de 25,0 cm de altura pelas longas folhas.

Tamanho da flor: aproximadamente 3,5 cm de diâmetro.

Quantidade de flores: muitas flores em hastes florais pendentes, formando um cacho compacto.


Taxonomia

Nome correntemente aceito: Cirrhaea dependens.

Autor: (G.Lodd.) G.Don.

Data da publicação: 1830.

Sinônimos: Cymbidium dependens, Gongora viridipurpurea, Cirrhaea viridipurpurea, Cirrhaea warreana, Cirrhaea tristis, Cirrhaea fuscolutea, Cirrhaea viridipurpurea var. fryana, Cirrhaea violaceovirens, Cirrhaea violascens, Cirrhaea livid, Cirrhaea purpurascens, Sarcoglossum suaveolens, Cirrhaea hoffmannseggii, Cirrhaea dependens var. concolor, Cirrhaea dependens var. tigrina.

Origem: Desde o Espírito Santo até Santa Catarina.

Habitat: Mata Atlântica.

Altitude: até 1200 metros aproximadamente.

Quantidade de espécies deste gênero: existem 27 registros, mas apenas com apenas 8 espécies válidas.


Outras informações

Nota: gênero endêmico do Brasil, com hábitat na Mata Atlântica.

Nota taxonômica: alguns taxonomistas incluem Cirrhaea loddigesii como seu sinônimo, com o que não concordamos.

PRODUTOS RELACIONADOS

Produtos Relacionados

Comentários